Buscar

Entre coxias e claquetes: uma contrapartida social do projeto “Flamenco Para Todos”

Em junho de 2021 foi realizado o espetáculo gravado “Flamenco para todos”. A obra travou um diálogo potente e poético com a obra do poeta e dramaturgo Federico Garcia Lorca junto a música e dança flamenca.

Como parte do projeto, uma contrapartida social foi elaborada, visando ampliar o acesso das pessoas sobre a história, conceitos e caminhos possíveis para um Flamenco regional. Diante disso, uma série de vídeo aulas foram elaboradas abordando desde sua origem andaluza, a biografia de Garcia Lorca e depoimentos dos artistas que deram vida ao projeto.

Um dos grandes pontos centrais do projeto foi criar uma obra audiovisual que permitisse ao telespectador uma experiência singular do Flamenco no formato de vídeo, visto que devido as restrições sanitárias e o endosso da Lei Federal, que possibilitou a criação do projeto, não era permitido a presença corporificada de espectadores. Desta maneira, uma equipe de profissionais foi acionada em parceria com dançarinas, músico e demais artistas.


A contrapartida social conseguiu captar as vozes e narrativas que compõem o projeto, travando um diálogo entre criadores, criação e demais fatores que permearam todo o processo do projeto. Um mergulho na história andaluza, os tipos de Flamenco e principalmente: a exposição da obra de Garcia Lorca e do Flamenco como um todo, que integra a cultura local e muitas vezes fica restrito a nichos específicos.

O Flamenco é uma manifestação cultural do povo e para o povo. Um grito de liberdade que ecoa no corpo das dançarinas, nos dedilhados do músico e na garganta de seu intérprete. Por isso, prestigiar o projeto e em seguida assistir a contrapartida social, possibilitará um mergulho profundo e necessário na arte Flamenca.

Esperamos que goste e seja arrebatado pelas suas intensidades!


O espetáculo foi gravado no Teatro José Maria Santos e será disponibilizado em breve em plataformas digitais, graças ao apoio e incentivo à cultura da Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.


Victor Emanuel Carlim é professor de teatro, pesquisador, ator e arte-educador.

Mestre em Artes pela UNESPAR Campus II FAP e Formado em Licenciatura em Teatro pela mesma universidade.

15 visualizações0 comentário